06/08/2009

Angelologia: A Doutrina Dos Anjos



ANGELOLOGIA
“A Doutrina dos Anjos”
ELES SÃO REAIS
Angelologia .

Quem são os Anjos do Senhor?
De onde procedem os Anjos?
Que eternidade possuem os Anjos?
Em Hb 1.14 a Bíblia chama os anjos de ESPÍRITOS.

A palavra espírito, vem do grego πνεύμα = pnevma.
Etimologicamente, em se tratando de espírito, é: “substância incorpórea”.
EXISTEM duas palavras gregas para a expressão “substância incorpórea”: Uma para “Deus” e outra para os “anjos”.

No que tange a Deus, o termo grego para a palavra substância, é: οντος = ontos.
Significa: “o que é por si mesmo”.

No que tange aos anjos, o termo grego para a palavra substância é: ουσία = usía.
Significa: “natureza duma coisa”; “essência duma coisa”.
Os anjos possuem a natureza santa do Criador (não são divinos).
Os anjos possuem a natureza verdadeira e moral do Criador.
Os anjos possuem a natureza celestial do Criador.

“essência duma coisa” (nos domínios dos seres criados, são a essência da criatura divina): Lemos em Hebreus 2:6-7.
Versículo 6 ...que é o homem para que dele te lembres?
Versículo 7 Tu o fizeste um pouco menor do que os anjos.

A Existência dos Anjos

A existência dos anjos é inequívoca, não há como negá-los, uma vez que uma imensidão de textos bíblicos pertinentes a eles são extremamente claros. Formam a Segunda Classe de Pessoas.

1) Pessoas Divinas.
2) Pessoas Angélicas.
• Os Anjos do Senhor.
• Os Anjos do Diabo.
3) Pessoas Físicas Humanas.

ANOTEMOS: Os anjos não são uma raça de pessoas, e sim hostes, exércitos celestiais. RAÇA é termo usado para subdividir o gênero humano. Os anjos são espíritos celestiais. Sobretudo, espíritos filhos de Deus, segundo revelação de Jó 1:6.
O patriarca Jó revelou que os anjos foram criados antes da criação do mundo físico. Jó 38:6-7.
- Foram criados em estado de santidade absoluta e são inumeráveis: Heb 12:22.
ἀλλὰ (alã = Mas) προσεληλύθατε (proselilýthate = tendes chegado) Σιὼν (Siõn = Sião) ὄρει (ori = monte) καὶ (kê = e) πόλει (póli = <à> cidade) Θεοῦ (Theû = de Deus) ζῶντος (zõndos = vivo), Ἱερουσαλὴμ (Ierusalîm = Jerusalém) ἐπουρανίῳ (epuranío = celestial), καὶ (ke = e) μυριάσιν (myriásin = a miríades*) ἀγγέλων (angélon = de anjos).

* myriásin: “grande quantidade indeterminada” – “quantidade inumerável”.

O Conceito Angelical
No Idioma Grego

- No mundo grego, ἀγγέλος é a palavra grega para anjo. Etimologicamente: “mensageiro” ou “mensageiro de Θεός = Theós”.
Obs. a palavra angélos também indica embaixador em assuntos humanos, que fala e age no lugar daquele que o enviou.


ἀρχάγγελος = Archángelos é o grego de ARCANJO.
ἀρχι + ἀγγέλος = “anjo chefe”.
No idioma hebraico, ANJO é mal'akh.
“mensageiro”.
No plural, é mal'akhym (malaquim) = “mensageiros”.

1. Habitat: O Céu.
2. Procedência: Os anjos procedem de um período de tempo celestial teologicamente chamado de “Dispensação angelical” – Vejamos a revelação do Espírito em Sl 148:1-6.
3. Campo de Atividades: O Mundo espiritual, invisível.
4. A Estrutura do Corpo angelical:
• Corpo 100% Espiritual – são espíritos incorruptíveis, portanto, invisíveis.
• Corpo 100% Glorioso – vivem em estado de glória total. SHEKINAH.
• Corpo 100% Celestial – residem no Céu.
• Corpo 100% Poderoso – são seres dotados de grande poder de locomoção, pessoal, espiritual, moral – são poderes delegados pelo Criador.

A Real
Teologia dos Anjos

No Velho Testamento os anjos aparecem como “MENSAGEIROS DE DEUS” e nada mais que isso. No Novo Testamento, entretanto, eles surgem não somente como MENSAGEIROS DE DEUS, mas também como:
“Ministros divinos aos herdeiros da salvação" Hb 1:14.

Hierarquias
Angelicais Palpáveis
Inconfundíveis e Irrefutáveis

Existem poucos dados literários capazes de colocar-nos frente-a-frente com hierarquias angelicais nas páginas das Escrituras Sagradas.
Torna-se, portanto, muito arriscado catalogarmos qualquer sugestão do cérebro humano como hierarquia angelical. Por outro lado, a Bíblia revela-nos hierarquias angelicais inconfundíveis.

a) ἀρχάγγελος = Archángelos é o grego de ARCANJO.
Miguel, do grego Μηχαελ e do heb. Mi-kha'el “Quem é como El?” – “Quem é como Deus?” – ARCANJO é a hierarquía angelical maior. Michael aparece no Capítulo 12 de Daniel associado à nação de Israel.

b) Os Principados. O termo “principados” vem do grego ἀρχάς, significa: “dignidade de príncipe” – “território ou estado cujo soberano é um príncipe” – “comandantes de classes”. Em hebraico, “principado” é nessichut.

c) Os Querubins. Representam a Guarda Celestial. Do hebraico keruhbim plural de kerub. Etimologicamente, significa: “conhecimento” – “eles conhecem” – “informados para conhecer” – “informados com notícias e ciência” – “efusão de sabedoria”. Em grego, querubim é Χερουβὶμ = Cheruvim.

d) Os Serafins. A palavra heb para Serafim é saraph, (PLURAL: serâphym) e, em grego, é Σεραφὶμ = Serafîm. Nos dois idiomas, significa: “serpente que queima” ou “serpente ardente” – “Produzir ardência em; afoguear, abrasar; fazer arder” – “Produzir calor intenso; arder, abrasar”. Is 6:3 Qâdhosh, Qâdhosh, Qâdhosh, YHWH Tsbhâ’oth

e) O Anjo Gabriel. A palavra Gabriel vem do hebraico Gabriy'el, e do grego Γαβριὴλ = Gavril – Significa: "guerreiro de Deus" ou "homem de Deus". Gabriel é o anjo específico de Deus para anunciar grandes mensagens procedentes do coração do Senhor. Foi enviado a Daniel, no VT e, mais tarde, no NT durante a anunciação dos infantes João Batista e Jesus Cristo.

MISSÃO
Gabriy'el ἀποστόλους
Gabriel Missionário
1) 1º Lá, no Velho Testamento, ele manifesta-se com extrema sabedoria, autoridade e grande poder delegados por Deus diante do Profeta Daniel, ao interpretar de forma extraordinária uma grande visão de natureza escatológica: Dn 8:17.

2) 2º Manifesta-se liberando entendimento e sabedoria ao próprio Profeta Daniel. Lemos em Dn 9:22. “...Daniel...saí para fazer-te entender”. O ASSUNTO É A GR. TRIBULAÇÃO. Uma inédita aula escatológica ministrada pelo Anjo Gabriel. Aleluia!

No Novo Testamento,
somente o Livro de Lucas cita o nome de Gabriel,
onde o próprio Gabriel identifica-se como
aquele que “assiste diante de Deus” – Lc 1:19.

1) O nascimento de João Batista - Lc 1:11-20.
2) O nascimento de Jesus - Lc 1:26-38.




“Há um anjo que acompanha
cada servo TEMENTE a Deus”

Salmo 34:7 “O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra”.
ACAMPAMENTO é residência temporária.
Pela natureza de guerra dos querubins, acreditamos que sejam querubins os anjos disponíveis aos servos TEMENTES a Deus.
O “Anjo do Senhor”
Angelos Kyrios
mal'akh Yhwh
Na Doutrina Teofânica

Quem é esse anjo que, ocasionalmente, aparece em alguma página do Velho Testamento bíblico e que identifica-SE como “O Anjo do Senhor”, ou seja, O ANJO DE YHWH, falando como Deus e com extrema autoridade unicamente pertinente ao Todo-Poderoso?
Que Anjo é esse?
Esse ser sempre identificado como O Anjo “do Senhor” identifica O Senhor Jesus Cristo, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade.
Gn 31:11-13. Jz 2:1-5. 6:6-22
Que Termo Teológico é Usado
Para Essas Ocasionais Manifestações da Divindade em Pleno
Velho Testamento?

Theofánia
Theofánia trata-se do único termo neo-testamentário usado para identificar uma ocorrência em domínios do idioma hebraico, o Velho Testamento. Não há uma palavra hebraica específica para identificar O Anjo do Senhor no Velho Testamento.
O estudante bíblico não pode e nem deve confundir Theofánia com Theofanía. As etimologias das duas palavras se distinguem. Vejamo-las:
Θεοφανία – Theofanía = Etimologia: “festa (festa grega) em que se expunham as estátuas dos deuses” (do paganismo grego).
Θεοφάνεια – Theofánia = Etimologia: “aparição dos deuses” – “Manifestação da Divindade em algum lugar, acontecimento ou pessoa”. (festa do nascimento de Jesus Cristo).

NOTA: A Doutrina da Theofánia, além de rica em termos daquilo que ela representa, relaciona-se como um dos maiores mistérios divinos na Velha Aliança.

Obs. Dentre os servos do Senhor no Velho Testamento, o Profeta Zacarias foi o mais contemplado no que diz respeito à visão de aparições da Divindade no Velho Testamento. Diversas vezes – em visão, Zacarias viu O Anjo do Senhor. Zc Zc 2.1; 3.1,2; 4.1.

CONCLUSÃO

Existiria alguma coisa impossível a Deus?
AFINAL, Seu Filho Jesus, deixou temporariamente o Céu para materializar-Se.
Jesus Cristo saiu do estado divino para o estado humano.
As poucas vezes em que a Bíblia menciona anjos se alimentando são o resultado de concessão extraordinária de autorização dada por Deus, por propósitos específicos de identificação.

Em Gn.18:1-8.
1º Três seres celestiais manifestam-se diante de Abraão.
2º Dentre os três, dois eram anjos e um, o próprio Senhor.

Os Anjos são encontrados em trinta e cinco livros da Bíblia, e em duzentas e setenta e cinco referências, o que significa dizer que não há como questionar a existência desses grandiosos seres.
Glorifiquemos, pois, a Deus por esse inaudito e esplendoroso exército. Amém!

Adelson R. Buenos
Igreja Metodista Wesleyana em Maracanã - Cariacica / ES
www.teologiamakarios.blogspot.com
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

3 comentários:

Felipe disse...

Muito prazer pastor! Meu nome é Felipe e sou estudante de teologia da Igreja do Evangelho Quadrangular. Fiquei muito feliz pela vida do irmão! Sou adolescente mas pretendo no futuro ser um pastor e já fiz Homilética e Hermenêutica para ser um pregador usado pelo Senhor.

Sempre fui muito curioso acerca dos anjos e fiquei muito feliz por ter encontrado um site cristão que trata desse assunto de forma bíblica sem heresias e usando os termos das palavras nos originais gregos e hebraicos.

Que o Senhor possa encher-te de sabedoria e discernimento através do Espírito Santo. Que seu ministério venha crescer cada dia mais. Mesmo sendo de outra denominação, louvo à Deus pela vida do irmão, porque todos nós somos um: A Igreja de Cristo na Terra, a Noiva do Cordeiro e espero um dia aprender mais acerca dos anjos do Senhor e quem sabe um dia ministrar um estudo acerca deles. A paz seja com o irmão!

Náira Penedo disse...

Estou fazendo Teologia Básica pelo IBADERJ, e o último estudo foi sobre Angelologia. Lendo este site achei ótimo porque acrescentou em muito ao estudo aplicado pelo Prof. Dinho. Muito bom mesmo. DEUS abençoe este ministério.

Náira Penedo disse...

Estou fazendo Teologia Básica pelo IBADERJ, e o último estudo foi sobre Angelologia. Lendo este site achei ótimo porque acrescentou em muito ao estudo aplicado pelo Prof. Dinho. Muito bom mesmo. DEUS abençoe este ministério.