10/08/2009

O Arrebatamento da Igreja




O Capítulo 4 de 1º Tessalonicenses
O Arrebatamento da Igreja

O Capítulo 4 revela a mais completa mensagem do Arrebatamento da Igreja no Novo Testamento.
NOTA: Paulo fala do arrebatamento dos cristãos em vida e dos que já dormem no Senhor, isto é, aqueles que encontram-se no Paraíso. Na revelação de Paulo aos tessalonicenses, os santos que já descansam no Senhor aparecem como a primeira colheita salvífica celestial. Primeiro os mortos; depois, os vivos.

4:13-14.
O estado do cristão, pós-morte física, não trata-se daquilo que usualmente identificamos como pessoa morta. Não! O Cristão, dorme.

4:14. A expressão: “...em Jesus dormem” – aponta para os crentes que, ao descerem à sepultura, o fazem no estado de servos de Cristo.
‘DORMIR EM CRISTO’ é sair do estado de vida física e penetrar no Paraíso.


“Deus os tornará a trazer...” – A presença de Deus na revelação de Paulo, revela que o arrebatamento é uma ação conjunta que envolverá Deus, Jesus e o Espírito Santo.

“....Deus os tornará a ‘trazer com ele’ ” –
• Primeiro: Os atos iniciais do arrebatamento da Igreja serão ações do Pai. Gn 24.
• Segundo: os atos pós-nuvens celestiais serão inteiramente ações do Filho.
Os servos, por decisão do Pai, sairão do Paraíso acompanhados de Cristo e descerão até às dimensões do primeiro Céu .
1º destino dos santos: As Nuvens Celestiais.
2º destino dos santos: A Sala do Tribunal de Cristo.
3º destino: dos santos: A Sala do Trono de Deus.
4º destino dos santos: As Bodas do Cordeiro - .
5º destino dos santos: A Jerusalém Celestial Milenar.
6º destino dos santos: A Eternidade Futura.

4:15.
A revelação da palavra profética: “...não precederemos aos que dormem”. Vv16 “...os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro”.
No que tange ao arrebatamento da Igreja, os servos que estão no Paraíso, em relação aos servos vivos na terra, receberão, em questões de segundos antes, as glórias primárias da Primeira Fase da Volta de Jesus. Imediatamente a seguir, os santos na terra serão redimidos do corpo físico. Fl 3:20-21. Rm 8:23 “...gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo”.

4:16.
“Porque o mesmo Senhor DESCERÁ do Céu com alarido”.
Jesus descerá do Terceiro Céu e virá ao Primeiro Céu com alarido.
Alarido, do grego transliterado, é Kelevsma <κελεύσμα> – Significa: “chamada, convocação, grito de comando”.

OBS.: A revelação de que o Senhor virá às nuvens celestiais com alarido, no entanto, não revela abertamente o Senhor Jesus chamando os Seus servos às nuvens celestiais, entretanto, a Bíblia Sagrada revela-nos o texto bíblico equivalente à voz de Jesus no ‘arrebatamento’ e no ‘Juízo Final’. Lemos em João 5:28 “...vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz”.

Três Verdades Proféticas:
• 1ª - A expressão sepulcro é usada para indicar simbolicamente o lugar dos mortos em Cristo e fora de Cristo.
• 2ª - O Povo que está nos sepulcros e será arrebatado, no exato momento da chamada do Filho de Deus, encontrar-se-á no Paraíso, de onde sairá.
• 3ª - O Povo que está nos sepulcros e será convocado no Dia do Juízo Final, no momento da chamada do filho de Deus, encontrar-se-á no Inferno, de onde sairá.

ARREBATAR – do grego αрπάζω - arpazo, significa: agarrar, apanhar.
JESUS CRISTO vai apanhar a Igreja para Si, agarrando-a.
ETIMOLOGIA:
a) Tirar com violência ou força; arrancar.
b) Raptar.
c) Tirar por força ou violência; arrancar.
d) Apossar-se por força ou violência; roubar.

A parte “b” do versículo 16 revela que Cristo se manifestará com “voz de Arcanjo”: Voz de arcanjo é uma expressão usada pelo Apóstolo Paulo, no afã de identificar a autoridade verbal Daquele que virá com alarido às nuvens celestiais: Voz poderosa, possante, vibrante, forte, destemível. As ações geradoras do arrebatamento da Igreja serão 100% divinas.

A parte seguinte do versículo 16 revela o próprio Senhor Jesus de posse da trombeta de Deus. Paulo, em 1 Co 15:52, revela: “...a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão INCORRUPTÍVEIS, e nós seremos TRANSFORMADOS”.

A expressão “A Última Trombeta” - Τῆ εσχάτη σάλπιγγι nada tem a ver com as 7 Trombetas do Apocalipse. Lá, no Apocalipse, as Trombetas são tribulativas e cada uma tocará para manifestar juízos divinos.
NO ARREBATAMENTO, ao contrário, a trombeta soará para reunir e salvar os santos.

“A Última Trombeta”

Τῆ εσχάτη σάλπιγι
Muitos toques de trombetas conviveram com o povo de Deus na Velha Aliança.
Toque de recolher, toque de levantar acampamento, toque de marcha para a guerra, toques festivos indicando as festas sagradas de Israel, etc. etc.
A Trombeta do Arrebatamento da Igreja é descrita como “A Última Trombeta” a soar no meio do povo de Deus.

Primeiros efeitos
do Toque da Última Trombeta:

a) 1o A Sepultura verá, pela primeira vez na sua história, mortos ressuscitados de forma incorruptível. Um negócio sobrenatural.
2o A Terra dos viventes, em seguida, assombrar-se-á diante de milhares de milhares de vidas que serão literalmente transformadas. AMÉM!

Adelson R. Buenos
www.teologiamakarios.blogspot.com
Igreja Metodista Wesleyana Em Maracanã - Cariacica / ES
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: