23/09/2009

O EVANGELHO DE JESUS, O FILHO DE DEUS























O Evangelho

de Jesus

O Filho de Deus


Estudar o Evangelho de Jesus é tomar conhecimento pleno da maior mensagem de todos os tempos: A Mensagem da Cruz – A Mensagem do Gólgota – A Mensagem do Calvário – A Mensagem do Sacrifício de Deus (Jesus) em prol do homem pecador. Portanto, todos e quaisquer pregadores e ensinadores bíblicos, obrigatoriamente, precisam e devem conhecer de perto a mensagem do Calvário. O que seria a humanidade sem a presença do Evangelho na terra? Sem o Evangelho de Jesus não poderia haver futuro palpável para o homem. Nada, absolutamente nada na terra poderá sequer ofuscar o brilho do Evangelho de Jesus.

Trata-se da única força que desafia e vence o pecado, os demônios, o Diabo, todas e quaisquer barreiras humanas, sobrenaturais das trevas.

Declaração do Apóstolo Paulo: “Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê...” Rm 1:16.

Fiz-me como fraco, prosseguiu Paulo, para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns... E eu faço isto por causa do evangelho... 1 Co 9:22-23.



O Evangelho de Jesus, portanto, trata-se do único

e maior “Compêndio das Teologias Salvíficas”



O

Evangelho do Senhor Jesus jamais me surpreenderia caso trouxesse o título de “Evangelho de Jesus: Fronteira entre dois mundos” ou “O Calvário: Fronteira entre dois mundos” – “A Lei do Filho de Deus” – “Evangelho: Força Geradora de Salvação Eterna” – “A Resposta de Deus ao Diabo”. “O Pentatêuco da Nova Aliança” – “A Carta Magna da Igreja de Jesus” – “A Constituição Sobrenatural de Deus na Terra” – “A Lei do Filho de Deus”. O Evangelho do Filho de Deus, afinal, e unicamente o Evangelho e nada mais além dele, mudou a história da civilização humana. Os descendentes de Adão, punidos na mesma proporção da punição divina imposta a Adão, já podem retornar ao Paraíso, um Paraíso melhor, eterno, no Céu, face à obra de Jesus 100% registrada dentro do Evangelho. A soberania da morte, em todos seus aspectos, perdeu todas as suas forças face à manifestação do Evangelho do Filho de Deus entre os homens. Toda a maldição autorizada por Adão contra a indefesa civilização humana, foi, 100% anulada, desfeita pelo poder do sacrossanto Evangelho. Aleluia! Trata-se de uma obra divina eternamente onipotente e de caráter 100% salvífico, sem precedentes na história da humanidade. Nada, absolutamente, nada poderá jamais mudar a natureza do Evangelho de Jesus. O Evangelho manifestou-se para desfazer todas e quaisquer obras satânicas contra o destino final do ser humano.

Estudar o Evangelho de Jesus, então, é tomar conhecimento pleno da maior mensagem de todos os tempos: A Mensagem da Cruz – A Mensagem do Gólgota – A Mensagem do Calvário – A Mensagem do Sacrifício de Deus (Jesus) em prol do homem pecador. Portanto, todos e quaisquer pregadores e ensinadores bíblicos, obrigatoriamente, precisam e devem conhecer de perto a mensagem do Calvário. O que seria a humanidade sem a presença do Evangelho na terra? Sem o Evangelho de Jesus não poderia haver futuro palpável para o homem. Nada, absolutamente nada na terra poderá sequer ofuscar o brilho do Evangelho de Jesus.

Trata-se da única força que desafia e vence o pecado, os demônios, o Diabo, todas e quaisquer barreiras humanas, sobrenaturais das trevas.

Declaração do Apóstolo Paulo: “Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê...” Rm 1:16.

Fiz-me como fraco, prosseguiu Paulo, para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns... E eu faço isto por causa do evangelho... 1 Co 9:22-23.



O Evangelho de Jesus, portanto, trata-se do único

e maior “Compêndio das Teologias Salvíficas”


As Duas Maiores

Propostas Teológicas

do Livro de João



1. PRIMEIRA: REVELAR (αποκαλύπτουν το Λόγος = revelar o Lógos) O Lógos (A Palavra) Eterno (αιώνιος), encarnado (κόκκινο) e preparado (παρασκευασμένα) para ser colocado dentro da criatura humana (ανθρώπινο πλάσμα). – 1:1 a 13:38.



2. SEGUNDA: REVELAR a missão maior do Lógos encarnado: Crucificando-Se como Jesus Cristo e levantando-SE dentre os mortos como “O Filho de Deus” (Ο Υιός του Θεού) – 14:1-21:25.


Seis Grandes Testemunhos

em prol de Jesus

como O Filho de Deus

dentro do Livro de João



1. O testemunho de João Batista. 1:29-34.

2. O testemunho do Espírito Santo. 1:32-33.

3. O testemunho dos discípulos. 1:40-49. 6:69. 16:29-30. 20:28.

4. O testemunho dos gentios samaritanos conterrâneos da mulher samaritana. 4:42.

5. O testemunho das Escrituras: 1:1-3 e 14.

6. O testemunho das próprias obras do Filho.


Nota:

1. No Livro de João, ‘o último ano’ de vida terrestre do Filho começa no Capítulo 7:2 . àO que significa dizer que: apenas seis capítulos ocupam-se dos dois primeiros anos ministeriais do Filho.



2. Os Capítulos 12:12 a 21:23 vão da Entrada Triunfal aos fatos da ressurreição. São quase 10 Capítulos para registros da última semana do Salvador.



Nota: No cômputo geral, dos 21 Capítulos do Livro, 15 Capítulos registram o último ano do Senhor na terra.


Manifestações

do Pai no Filho

Referências 100% Divinas



Poderíamos enumerar uma infinidade de manifestações do Todo-Poderoso Deus do Velho Testamento no Filho, dentro do contexto literário de João, entretanto, por carência de espaço, citemos algumas das mais distintas manifestações do Eterno Deus no Seu próprio Filho.



O Capítulo 1 revela

as ‘duas eternidades’

δύο αιωνιότητες

do Filho e a ‘Sua Divindade’



No Versículo 1João Revela os Três Grandes Aspectos da Divindade

e Suas Respectivas Eternidades


Versículo 1 Ἐν ἀρχῇ ἦν ὁ Λόγος,

Em princípio era o Verbo (a Palavra)



καὶ ὁ Λόγος ἦν πρὸς τὸν Θεόν,

e o Verbo estava junto a Deus (Theón)



καὶ Θεὸς ἦν ὁ Λόγος.

e Deus (Theós) era o Verbo

· 1º O Filho revela a eternidade do Λόγος (da Palavra).

Etimologias primárias de Lógos

a) O Verbo de Deus.

b) Palavra.

c) Revelação Divina.

d) A Razão de uma coisa.

e) Juízo.

f) Opinião (modo pessoal de ver).

· 2º O Filho revela a eternidade de Θεόν (do Deus Todo-Poderoso).

Etimologias de Θεόν – Theón

Deus em ação – O Deus que age – O Deus que faz – Enfim, O Senhor El’Shaday (yhwh o Deus Todo-Poderoso)

· 3º O Filho revela a eternidade de Θεὸς (da pessoa de Deus).

Etimologias de Θεὸς – Theós

1. O Deus pessoal.

2. A Pessoa de Deus.



Eternidade, do gr αιωνιότητα – eoniótita. Etimologia:

“Aquilo ou aquele que não tem princípio e nem fim” (Deus)

Adelson R. Buenos
www.teologiamakarios
.blogspot.com
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

3 comentários:

Anônimo disse...

A Paz do Senhor!

Parabéns pelo projeto "bom Samaritano", e o seu blog está muito bom com comentários excelentes. Já reuni na Igreja wesleyana de Santo André Vitória, hoje sou Evangelista da Assembleia de Deus de Maria Ortis, Sou responsavél pelo Curso Básico em Teologia da EETAD. Para mim é um prazer compartilhar as bençãos com o Irmão.

Danilo Fernandes disse...

Ola irmão Adelson!

Estou passeando na net para conhecer blogs cristãos, saber o que o povo está buscando e falando... E para divulgar meu blog, o Genizah.

Muito legal o trabalho que vocês fazem aqui! Parabéns.

Vou seguir vocês e espero pela oportunidade daquela troca de irmão em Cristo aqui ou no meu blog, se você me der a honra e prazer da visita.

Genizah é um blog de apologética cristã com uma boa dose de humor. Nosso time é formado por escritores, pastores, humoristas e chargistas cristãos.

Espero que goste. Paz e Bem!

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/

Hermes C. Fernandes disse...

Parabéns pelo belo trabalho no blog.

Já estou seguindo!

Aproveito para lhe convidar a conhecer meu blog, e se desejar segui-lo também, será uma honra.

Seus comentários também serão muito bem-vindos, e certamente enriquecerão nossas reflexões.

www.hermesfernandes.blogspot.com

Te espero lá!

Abraço.