10/03/2010

Talvez!!

Lm 3:29 “Ponha a sua boca no pó; talvez ainda haja esperança”

Introdução

É possível que o termo TALVEZ seja uma das piores palavras a confrontar-se com nossa audição. É possível que a palavra TALVEZ seja pior que ouvir um simples NÃO!!!! Dependendo dos nossos anseios ou pedidos urgentes e importantes, é quase terrível e interminável o som da expressão “TALVEZ, AMANHÔ, “TALVEZ, ALGUM DIA”, “TALVEZ, SOBREVIVA”... A palavra TALVEZ é capaz de matar até mesmo as mais fortes esperanças – é capaz de sepultar A FÉ, A CONFIANÇA, A CERTEZA....Dentro da cultura dos seres humanos não existe escola capaz de preparar-nos de forma convincente para ouvirmos e entendermos a palavra TALVEZ. Dependendo do que necessitarmos, a palavra TALVEZ pode levar-nos à loucura.

IMAGINE A PALAVRA “TALVEZ” nas seguintes expressões:
TALVEZ, morra ainda amanhã.
TALVEZ, ele seja despedido do emprego
TALVEZ ele esteja com uma doença incurável.
TALVEZ ele ou ela jamais retorne para casa.
TALVEZ ele queira te ver de novo.

“Ponha a sua boca no pó; talvez ainda haja esperança”
O Lastimável Estado de Jerusalém

Nabucodonozor acabara de arrasar a cidade santa  Ano 586 aC.
O Templo do Senhor estava literalmente destruído – a casa sacerdotal arrasada.
A nação ardendo em fogo e judeus sendo levados a um cativeiro divinamente programado para SETENTA ANOS DE DURAÇÃO.
O que fazer? Retornaremos? Deus terá misericórdia outra vez?
O que será de nossos filhos que nascerão no cativeiro de Babilônia?
O Senhor nos deixará para sempre entregues à fúria de Babilônia? O que faremos?

A RESPOSTA IMEDIATA DE DEUS ATRAVÉS DA BOCA DO PROFETA JEREMIAS, O GRANDE SOBREVIVENTE DA CATÁSTROFE, FOI: “Ponha a sua boca no pó; talvez ainda haja esperança”.

Crentes Falidos

Você era alegre – hoje anda triste e cabisbaixo – o pecado arrasou seu ministério de oração, de louvor, de consagração, de glorificação, de pregação da Palavra de Deus.....
Você chorava, hoje não chora mais – TINHA prazer nos cultos do Senhor no templo da Igreja – HOJE, A VOCÊ POUCO IMPORTA SE HAVERÁ OU NÃO CULTO NA CASA DE DEUS......Os domingos tornaram-se iguais a dias de chuva, de frio, de temporais....

TALVEZ tu perguntas a ti mesmo: SENHOR, AINDA VOLTAREI A SER FELIZ? Senhor, retornarei aos grandes dias? Senhor, ainda retornarei aos montes? Senhor, minha família será restaurada? Meu marido voltará a me amar como dantes? Minha esposa retornará para mim? Seremos novamente uma família fiel, segura??????? Voltarei a sorrir como dantes, SENHOR??????????????
Ponha a sua boca no pó;
TALVEZ ainda haja esperança.

PÓ é o piso frio da Igreja.
PÓ é o rosto colado no piso frio da Igreja, da terra, da rocha no monte....
PÓ é oração pela manhã, à tarde e à noite.
PÓ é oração diuturnamente durante todo o mês – durante todo o ano.
PÓ é levantar de madrugada e esquecer que existe cama....

“Ponha a sua boca no pó; TALVEZ ainda haja esperança”.

Epílogo

É preciso irritar bastante o Senhor para merecer o tipo de resposta: TALVEZ. Tomemos cuidados especiais. Os judeus já estavam dentro do cativeiro babilônico quando Deus manifestou esta resposta através do Profeta Jeremias – O último lugar onde jamais gostaríamos de ouvir Deus falar-nos UM ESTRIDENTE TALVEZ seria dentro de um cativeiro. E foi exatamente dentro do terrível cativeiro babilônico que os judeus ouviram a resposta de Deus diante de tantas perdas: “Ponha a sua boca no pó; talvez ainda haja esperança”. Amém!
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: