23/04/11

OS POÇOS DE ISAQUE


Os Poços de יצחק (Yitschaq)
Gn 26.12-25

Introdução
Isaque estava acampado em Gerar, devido à fome que havia na terra. Devido à inveja dos filisteus, por ser Isaque homem próspero, este teve os poços herdados de seu pai Abraão entulhados pelos homens da Filístia.

גרר     Gerar
Gerar = “alojamento”
      Uma cidade dos filisteus ao sul de Gaza, moderna ’Umm’

Atitudes de Isaque: cavar outros poços.

O Primeiro poço: Eseque   עשק  (‘Eseq)
Eseque = “contenda”
Um poço cavado pelos pastores de Isaque no vale de Gerar.

O Segundo Poço: Sitna    שטנה  (Sitnah)
Sitna = “briga”
Acusação, inimizade
 O 2o dos 2 poços cavados por Isaque no vale de Gerar.

 "A bênção do SENHOR é que enriquece; e não traz consigo dores." Pv 10.22

Se algo em nossa vida traz contenda, briga, inimizade...devemos abrir mão. Deus tem muito mais a nos oferecer.

O Terceiro Poço:  Reobote   רחבות    
(Rechoboth) - Reobote = “lugares amplos ou ruas largas”
O 3o de uma série de poços cavados por Isaque no território dos filisteus

Por este poço não contenderam os filisteus. Deus alargou, ampliou, expandiu os termos de Isaque.



    De Gerar Isaque voltou para Berseba.
    Em Berseba, Deus confirma as promessas feitas a Abraão.
    Isaque então, fez 3 grandes edificações:

     
      1 – Um Altar

A Palavra “altar” em hebraico é  מזבח   (mizbeach) e procedede outra palavra hebraica    זבח (zabach). Etimologias:
1) abater, matar, sacrificar, imolar para sacrifício.

2 – Uma Tenda

אהל    (’ohel) Tenda
      1) tenda
1a) tenda de nômade, veio a tornar-se símbolo da vida no deserto, transitoriedade
1b) casa, lar, habitação


 3 – Um Poço

Poço, do hebraico  באר    (Be’er)
1) Fonte, cova, nascente.


Um Altar para nos lembrar que estamos aqui.
Altar fala de sacrifício, morte, sofrimento.
Jesus disse: “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo” – Jô 16.33
Enquanto estivermos neste mundo, temos que edificar altares para Deus.

Uma Tenda para nos lembrar que não somos daqui.
Deus ordenou a Moisés que construísse um Tabernáculo para que ele habitasse no meio de Seu povo.
O Tabernáculo era uma grande tenda. Era um templo móvel, provisório.
Uma das três grandes festas celebradas pelo povo de Israel era a “Festa das Cabanas” ou “Festa dos Tabernáculos”.
Esta festa fazia-os lembrar que um dia habitaram no deserto.
Tenda fala de habitação provisória, habitação temporária.

Hb 11.13. Todos estes morreram na fé, sem terem alcançado as promessas; mas tendo-as visto e saudado, de longe, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra.
1 Pd 1.11. Amados, exorto-vos, como a peregrinos e forasteiros, que vos abstenhais das concupiscências da carne, as quais combatem contra a alma;

Fp 3.20, 21.  Mas a nossa pátria está nos céus, donde também aguardamos um Salvador, o Senhor Jesus Cristo,
que transformará o corpo da nossa humilhação, para ser conforme ao corpo da sua glória, segundo o seu eficaz poder de até sujeitar a si todas as coisas.

Um Poço para nos lembrar que Deus está aqui.
Poço, do hebraico  באר    (Be’er)
1) Fonte
Deus é a Fonte de Águas Vivas, Ele é a Fonte de onde procedem todas as bênçãos.

Teologia Cristã Makários
Pb Adelson R.Buenos

Um comentário:

Palavra viva disse...

Gostei muito parabéns e obrigado por ter expressado estas palavras.